Como os testes respiratórios ajudam no diagnóstico da intolerância alimentar?

Se você não consegue realizar uma boa digestão e quer saber mais sobre os testes respiratórios, esse artigo é para você!

Má digestão, e você não consegue identificar quais alimentos estão causando os sintomas? Conheça mais sobre os testes respiratórios.

Nesse artigo você irá se informar a respeito de como eles podem auxiliar no diagnóstico e tratamento.

O que são os testes respiratórios?

Também conhecido como Teste Respiratório de Hidrogênio Expirado, trata-se de um método de avaliação para diagnosticar quadros de má absorção alimentar que apresentam sintomas como eructação, distensão e dor abdominal, constipação, diarreia e borborigmo intestinal.

Portanto, o teste é uma importante ferramenta na pesquisa de intolerâncias alimentares ou na pesquisa de uma condição chamada de supercrescimento bacteriano do intestino delgado.

Quais são as principais indicações clínicas para os testes respiratórios?

Eles podem estar indicados na investigação de queixas como dor ou distensão abdominal, flatulências (gases e eructações em excesso) e alterações do hábito intestinal, como:

  • Flatulência
  • Distensão abdominal
  • Dor abdominal
  • Alteração do hábito intestinal (diarreia/constipação)

Como diagnosticamos as intolerâncias alimentares?

A má digestão dos carboidratos gera um processo de fermentação no intestino, que produz gases, dentre os quais o hidrogênio e o metano, sendo posteriormente exalados na respiração, e portanto, mensuráveis em aparelhos específicos.

Assim, as intolerâncias diagnosticadas através dos testes respiratórios de hidrogênio são relacionadas à ingestão de carboidratos.

Aliás, é possível fazer mais de um exame para avaliar intolerâncias alimentares e o supercrescimento bacteriano, contudo os testes deverão ser realizados separadamente, em dias diferentes, um por vez.

Não é invasivo e de simples realização. Porém, é necessário que o paciente faça uma dieta antifermentativa na véspera e jejum de 8 horas, além de deixar de fumar 1 hora antes da realização do teste.

Por fim, se a sua digestão não anda boa, procure um especialista. A Gastrolife possui uma equipe preparada para atender nossos pacientes, desde a recepção até o momento de consulta. Podemos ajudar você!

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺