Por que incluir exames de hepatites nos exames de sangue de rotina?

hepatites

As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Sendo assim, trata-se de uma infecção que atinge o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves. Neste caso, na maioria das vezes são infecções silenciosas, ou seja, não apresentam sintomas, o que sinaliza a importância de exames periódicos com seu médico.

No Brasil, as hepatites virais mais comuns são causadas pelos vírus A, B e C. Portanto, as hepatites B e C frequentemente se tornam crônicas e podem causar consequências importantes como cirrose hepática, câncer de fígado, sangramento digestivo, necessidade de transplante e morte.

Formas de transmissão das hepatites B e C

• Relações sexuais sem preservativo com uma pessoa infectada;
• Mãe infectada para o filho, durante a gestação e o parto;
• Compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos);
• Repartição de materiais de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam);
• Na confecção de tatuagem e colocação de piercings, procedimentos odontológicos ou cirúrgicos que não atendam às normas de biossegurança;
• Contato próximo de pessoa a pessoa (presumivelmente por cortes, feridas e soluções de continuidade);
• Transfusão de sangue (mais relacionadas ao período anterior a 1993).

Medidas de prevenção das hepatites B e C

• Use seus próprios objetos como seringas, agulhas, alicates e escova de dentes e nnão compartilhe com outras pessoas;
• Utilize preservativo nas relações sexuais;
• Não divida quaisquer objetos utilizados para o uso de drogas;
• Toda mulher grávida precisa fazer, no pré-natal, os exames para detectar as hepatites B e C, o HIV e a sífilis. Sendo assim, em caso de resultado positivo, é necessário seguir todas as recomendações médicas.

Vacina e tratamentos

É importante destacar que existe vacina eficaz e segura para a hepatite B e essa é ofertada gratuitamente pelo SUS, nas Unidades Básicas de Saúde. No entanto, a hepatite B, quando crônica, não tem cura!

Já para hepatite C ainda não existe vacina que confira proteção, contudo, há medicamentos que permitem sua cura.

Desta forma, converse com seu médico sobre os testes para hepatite, que são realizados em exames de sangue simples. Logo, não deixe de realizar todas as vacinas disponíveis e recomendadas no calendário vacinal. Cuide-se, e se precisar conte conosco!

Ficou com alguma dúvida ou deseja marcar uma consulta? Entre em contato através dos nossos telefones: (21) 3547-5563 ou (21) 98020-8081 (WhatsApp).

Além disso, para acessar mais conteúdos informativos, acompanhe o nosso Instagram. Ou, se preferir, realize agendamentos pelo nosso site aqui.

Dra. Fabiana Basílio

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺