Como é feito o exame de Esofagomanometria?

Você tem quer saber como é feito o exame de esofagomanometria? Neste post explicamos tudo sobre esse exame!

Para que serve o exame de esofagomanometria?

O exame de esofagomanometria se presta para avaliação da motilidade do esôfago, possibilitando assim o diagnóstico de várias afecções esofágicas.

Indicações do exame:

  • Disfagia (dificuldade para engolir) e odinofagia (dor à deglutição).
  • Dor torácica não-cardíaca.
  • Pré-operatório de pacientes portadores de doença do refluxo gastroesofagiano e hérnia de Hiato.
  • Posicionamento correto da sonda de pHmetria esofágica.

Além disso, é necessário como pré operatório de algumas cirurgias como cirurgia anti-refluxo e cirurgia bariátrica.

Como é feito o exame de esofagomanometria?

Será introduzido um gel anestésico em uma das narinas para facilitar a passagem da sonda flexível fina (2 mm) até o estômago. O exame não dói, porém poderá incomodar um pouco.
Em seguida, em posição supina (deitado), o paciente receberá pequenos goles de água, devendo engolir sempre que solicitado. Durante este momento, o médico já estará analisando os movimentos do esôfago em uma tela do computador.

O exame dura em média de 20 a 30 minutos.

Agende agora seu exame de esofagomanometria na Gastrolife

Imagem ilustrativa de como é feito o exame Esofagomanometria: A sonda introduzida no nariz vai até o estômago e transmite os dados referentes aos movimentos do esôfago para o monitor, enquanto o médico faz a avaliação.

como é feito o exame de esofagomanometria

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺