Colonoscopia: seus pais já têm 50 anos e nunca fizeram?

colonoscopia

Você sabia que a colonoscopia é capaz de prevenir ou até mesmo tratar o câncer de intestino?

Sabemos que algumas pessoas desconhecem ou se recusam a realizar todos os exames preventivos e acabam deixando de lado um dos mais importantes para a sua saúde. Por isso, vamos falar dos riscos de não realizar uma colonoscopia:

Riscos de não fazer uma colonoscopia

O câncer de intestino é o segundo câncer mais comum, tanto em mulheres quanto em homens. Dessa forma, a colonoscopia está indicada para todas as pessoas com 50 anos de idade ou mais, mesmo que não apresente quaisquer sintomas gastrointestinais, bem como não tenha história familiar de câncer de intestino.

Prevenção, diagnóstico e tratamento em um único exame

A colonoscopia é considerada um exame de prevenção, pois o objetivo primordial é buscar e retirar as lesões precursoras do câncer de intestino (pólipos intestinais).

Além disso, ele é capaz de diagnosticar o câncer já estabelecido de maneira precoce, podendo, inclusive, ser o tratamento do mesmo, uma vez que lesões cancerígenas em fases iniciais podem ser ressecadas também pela colonoscopia.

O câncer de intestino, quando não detectado precocemente, apresenta chances de cura reduzidas. Portanto, se seus pais ou você possuem 50 anos ou mais, não deixe o exame para depois. A colonoscopia salva vidas!

Ficou com alguma dúvida ou deseja marcar uma consulta? Entre em contato através dos nossos telefones: (21) 3547-5563 ou (21) 98020-8081 (WhatsApp).

Além disso, para acessar mais conteúdos informativos, acompanhe o nosso Instagram. Ou, se preferir, realize agendamentos pelo nosso site aqui.

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺