Qual é a relação entre alimentação e saúde hepática?

No Dia Mundial do Fígado, a Profa. Thaís Guaraná, médica da Gastrolife, traz reflexões importantes sobre a relação entre alimentação e saúde hepática, baseadas nas últimas referências científicas e nas discussões da Semana do Fígado do Rio de Janeiro, realizada entre 10 e 12/04/2024.

Atualmente, a esteatose hepática é a principal doença crônica que afeta o fígado, exigindo atenção devido à sua prevalência crescente e potenciais complicações. Essa condição, muitas vezes assintomática, está diretamente relacionada à obesidade, sedentarismo, diabetes e dislipidemia, destacando a importância dos hábitos saudáveis.

 

Mas como cuidar do fígado de forma eficaz?

Estudos recentes apontam para a dieta mediterrânea como uma aliada poderosa na proteção e reversão de doenças hepáticas. Caracterizada por alimentos como vegetais variados, carboidratos complexos e gorduras saudáveis, essa dieta não só beneficia o fígado, mas também promove a saúde cardiovascular. Dietas equilibradas e com perfil antiflamatório, como a dieta mediterrânea, têm se mostrado promissoras na proteção e melhoria da saúde hepática. Esse padrão alimentar, rico em vegetais variados, carboidratos complexos e gorduras saudáveis como os ácidos graxos monoinsaturados e polinsaturados, tem efeitos benéficos não apenas para o fígado, mas também para o coração.

Quando analisamos os padrões dietéticos disponíveis, a maioria dos estudos mostra que o maior benefício na saúde do fígado se revelou em indivíduos que adotaram um padrão de alimentação mediterrânea, caracterizado por: dieta rica em vegetais variados, baixa ou nenhuma ingestão de alimentos processados, consumo regular de carboidratos complexos, dieta rica em gorduras saudáveis como ácidos graxos monoinsaturados e polinsaturados (MUFA e PUFA, presentes no azeite de oliva extravirgem, nuts e peixes), com baixo consumo de carne vermelha e laticínios e com controle das calorias, de modo a objetivar também o controle do peso do indivíduo.

Além disso, o consumo moderado de café, com suas propriedades antioxidantes, pode ajudar a proteger o fígado contra inflamações. Por outro lado, dietas hipercalóricas, ricas em gorduras saturadas e alimentos processados, podem contribuir para o acúmulo de gordura no fígado e comprometer sua saúde.

É fundamental lembrar que o consumo excessivo de álcool também representa um risco significativo para a saúde hepática, assim como alimentos processados e ricos em aditivos.

 

Cuide da sua alimentação e saúde hepática! 

Em resumo, cuidar da saúde do fígado envolve adotar uma dieta balanceada e estilo de vida saudável. Lembre-se sempre de buscar orientação profissional individualizada, especialmente de um nutricionista, para garantir o melhor tratamento para você. Sua saúde hepática é essencial para uma vida plena e saudável.

Na Gastrolife, temos uma equipe de profissionais de gastroenterologia e hepatologia especializadas para ajudá-lo. Estamos localizados na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ). Além disso, fornecemos todo o suporte que você precisa através de uma equipe qualificada e equipamentos  tecnológicos.

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺