Qual é a relação entre probióticos e doenças hepáticas?

Entenda quais são os benefícios desses componentes e como eles podem beneficiar a saúde do fígado!

Existe relação entre probióticos e doenças hepáticas? Em primeiro lugar, para entender essa relação, é preciso levar em consideração o que é a microbiota intestinal. Chamada no passado de flora intestinal, é um ecossistema complexo que compreende inúmeros microorganismos  (bactérias, fungos, vírus, entre outros) que habitam nosso intestino e que tem papel importantíssimo na nossa saúde. 

Os probióticos, por sua vez, são os microorganismos, que quando administrados em quantidade suficiente, suplementam a microbiota intestinal. Mas afinal, qual é a relação entre probióticos e doenças hepáticas? A Dra. Cynara Feuchard, médica da Gastrolife, preparou um artigo completo para responder a essa pergunta. Acompanhe e saiba mais sobre o assunto:

Benefícios dos probióticos para a saúde

Os probióticos trazem diversos benefícios para a saúde, entre os quais estão:

  1. Auxiliam no equilíbrio do hábito intestinal (usados tanto na diarreia como na constipação);
  2. Regulam nosso sistema imune;
  3. Nos protegem de infecções;
  4. Regulam fatores de proteção de mucosa, melhorando a resistência a fatores de agressão como acidez da gastrite e do refluxo;
  5. Regulam a permeabilidade intestinal (que quando aumentada serve como porta de entrada para gatilhos de doenças);
  6. Atuam na regulação de diferentes hormônios produzidos no intestino, entre eles a serotonina (hormônio do bem-estar);
  7. Produzem vitaminas, como vitaminas do complexo B;
  8. Produzem ácido graxos de cadeia curtas substâncias anti inflamatórias, capazes de regular também funções do sistema nervoso central;
  9. Podem melhorar diversos processos de dor crônica como síndrome do intestino irritável

A colonização do trato gastrointestinal humano por esses microorganismos ocorre desde o nascimento e vai mudando com o passar dos anos. A dieta, portanto, tem forte influência na composição da microbiota e é modificada, principalmente, pelo consumo de fibras dietéticas vindas de frutas, verduras e legumes.

Qual é o papel dos probióticos no combate às doenças hepáticas?

Existe o chamado eixo intestino-fígado que tem impacto na patogênese de diversas doenças hepáticas: doença hepática gordurosa, hepatites virais B e C, hepatite alcoólica, hepatite autoimune, entre outras. 

Em geral, o aumento da permeabilidade intestinal e translocação de bactérias permitem que endotoxinas cheguem no fígado e causem inflamação. O desequilíbrio da microbiota intestinal saudável pode ser chamada de “disbiose”, que tem papel nessas doenças hepáticas citadas. 

Hoje em dia, existem muitos estudos sobre a relação entre probióticos e doenças hepáticas. Os probióticos são microorganismos vivos não patogênicos que são capazes de modular de forma benéfica a microbiota intestinal. As principais cepas utilizadas (e as mais estudadas) são Lactobacillus e Bifidobacterium. 

Vale destacar, portanto, que estudos científicos mostram que um dos muitos benefícios dos probióticos é fortalecer a chamada barreira intestinal. Essa barreira, por sua vez, é muito importante na regulação da resposta inflamatória de todo o organismo. 

Alguns estudos mostram ainda que essa regulação da atividade inflamatória pode beneficiar também a saúde do fígado, uma vez que diferentes doenças hepáticas têm como base a inflamação (causada por diferentes etiologias).

Ainda são necessários mais estudos, mas é possível que pessoas com hepatites, colangite esclerosante e esteatose hepática e cirrose sejam beneficiadas com a suplementação de probióticos. 

Entenda os benefícios dos probióticos para sua saúde! Consulte um gastroenterologista. 

Por fim, este artigo tem como objetivo esclarecer a relação entre probióticos e doenças hepáticas. Vale destacar, porém, que esse uso pode variar de acordo com o organismo e as necessidades individuais de cada paciente.

Sendo assim, em todos os casos, é fundamental que o paciente converse com seu gastroenterologista. Isso será imprescindível para uma orientação especializada. 

Na Gastrolife, temos uma equipe de profissionais de gastroenterologia e hepatologia especializadas para ajudá-lo. Estamos localizados na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro (RJ). Além disso, fornecemos todo o suporte que você precisa através de uma equipe qualificada e equipamentos  tecnológicos. 

Ficou com alguma dúvida ou deseja marcar uma consulta? Entre em contato através dos nossos telefones: (21) 3547-5563 ou (21) 98020-8081 (WhatsApp).

 

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺