Será que a quarentena está afetando seu fígado?

SINAL DE ALERTA LIGADO! É fato comprovado que o consumo de bebidas alcoólicas aumentou na quarentena, bem como problemas no fígado. De acordo com a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead), a venda de bebidas alcoólicas cresceu 38% nas distribuidoras e 27% nas lojas de conveniência do país. As pessoas estão mais ansiosas, depressivas e preocupadas com o isolamento social, o que acaba sendo um gatilho para a bebida alcoólica.

Problemas no fígado na quarentena

É importante deixar claro que o consumo excessivo pode causar problemas como gordura no fígado (esteatose hepática) e hepatite por álcool. Isso se acentua na quarentena porque o fígado tem como uma de suas funções metabolizar moléculas de etanol, a fim de descartar a substância prejudicial ao organismo. Porém, quando o indivíduo a ingere em grande quantidade, seus resíduos ficam acumulados, tornando-se tóxicos para as células hepáticas, prejudicando as funções do órgão.

Além da esteatose, a ingestão excessiva de álcool pode causar uma série de problemas como pancreatite aguda, insuficiência cardíaca, cirrose hepática, câncer, entre outras. Portanto, respeite seu limite e beba com moderação!

Ficou com alguma dúvida ou deseja marcar uma consulta? Entre em contato através dos nossos telefones: (21) 3547-5563 ou (21) 98020-8081 (WhatsApp).

Para acessar mais conteúdos informativos ou agendamentos, visite nosso site.

Acompanhe os nossos conteúdos pelo Instagram.

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺