Como é o exame de endoscopia digestiva alta?

Tem dúvidas de como é feito o exame de endoscopia digestiva alta? Neste post explicamos detalhadamente como é feito este procedimento na Gastrolife.

Como é feito o exame de endoscopia digestiva alta?

A endoscopia digestiva alta consiste em um exame realizado através de um
aparelho flexível que transmite as imagens para o monitor. O aparelho é introduzido
através da boca e examina sob visão direta o esôfago, estômago e duodeno. É um
exame moderno e extremamente preciso, não causa dores e não impede ou dificulta a
respiração. Durante o exame, em geral é coletado material (biópsias) que será
encaminhado para análise em laboratório.

Para o exame o paciente deve fazer um jejum de no mínimo 6 horas. No dia
anterior o jantar deve ser leve. Água pode ser ingerida até 2 horas antes do exame.
Leia atentamente o informativo do preparo onde orientamos sobre as medicações que
você pode ou não usar anteriormente e no dia do exame.

O exame é realizado sob sedação consciente (sedação leve apenas para não
haver nenhum tipo de incômodo). A ação desses medicamentos tem curta duração,
mas a resposta pode ser variável dependendo de cada paciente. É esperado que você
fique um pouco sonolento (a) nas horas posteriores ao exame e nesse dia não deve
dirigir ou exercer atividades que possam exigir reflexos rápidos. Por isso é
imprescindível que venha acompanhado e não venha dirigindo.

Agende seu exame de endoscopia digestiva alta na Gastrolife 

como é feita a endoscopia digestiva alta

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺