Gordura no fígado (esteatose hepática) pode causar cirrose

Gordura no fígado (esteatose hepática) pode causar cirrose

É verdade, a gordura no fígado pode mesmo causar cirrose! O quadro, também conhecido como esteatose hepática, é caracterizado pelo acúmulo de gordura no órgão e merece muita atenção, pois se não tratado pode causar problemas graves.

Um dos principais riscos é o desenvolvimento da cirrose hepática, quando o tecido do fígado é substituído por fibrose (cicatriz). Atualmente a esteatose hepática é uma das principais causas de transplante hepático!

A doença faz com que o fígado produza tecido de cicatrização, e com isso o órgão deixa de desempenhar suas funções, como produzir bile, auxiliar na manutenção dos níveis de açúcar no sangue, produzir proteínas, metabolizar o colesterol, o álcool, entre outras.

Como prevenir a cirrose?

A boa notícia é que através de acompanhamento médico e mudanças de hábitos é possível evitar e até mesmo reverter o problema. O exame de elastografia hepática (Fibroscan) é um exame não invasivo que consegue diagnosticar problemas no fígado, possibilitando o tratamento adequado antes do agravamento do quadro.

Além disso, mudanças na alimentação e nos hábitos são imprescindíveis para a prevenção da cirrose hepática. Evitar o excesso de álcool, alimentos gordurosos e comportamentos tóxicos como o uso de drogas injetáveis.

Procure um gastroenterologista e mude essa condição!

Ficou com alguma dúvida ou deseja marcar uma consulta? Entre em contato através dos nossos telefones: (21) 3547-5563 ou (21) 98020-8081 (WhatsApp).

Gostou? Compartilhe com os amigos!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email

Agende aqui sua consulta

ou exame!

Este formulário é um pré-agendamento e em breve nossa equipe entrará em contato com você!

Prefere agendar por Whatsapp?
Agendar Consulta
Agendar Exame

Dra. Bruna Puente

Gastroenterologia & Endoscopia

CRM 52.0102944-4

Médica graduada pela Faculdade de Medicina Souza Marques, possui residência médica em Clínica Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e residência em Gastroenterologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Atua no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças do aparelho gastrointestinal (refluxo, gastrites, úlceras, doenças inflamatórias intestinais, síndrome do intestino irritável) e doenças do fígado (esteatose, hepatites, cirrose hepática) entre outras. 

Na Gastrolife atende consultas em Gastroenterologia e Hepatopatologia. Além disso realiza endoscopia digestiva.

Apaixonada pelo hepatologia,  integra também a equipe de transplante hepático em Hospitais privados

Gostou? Vem conhecer!☺